segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Onde anda o nosso dinheiro...

A Câmara Municipal de Nisa deve à Junta de Freguesia do Espirito Santo 60 mil euros há 2 anos.Mesmo assim a junta vai sobrevivendo sem dividas...

A Câmara Municipal de Nisa deve 39 mil euros à Junta de freguesia de Montalvão. O mesmo presidente de junta requisitou à câmara máquinas e uma camioneta para auxiliar ao serviço da junta desde o dia 7 de julho deste mesmo ano. A câmara diz que não pode emprestar porque não tem...a Junta de freguesia de Montalvão tem andado a reconstruir caminhos com a ajuda e boa vontade da Câmara Municipal de Castelo de Vide...

A Câmara Municipal de Nisa deve 50 mil euros à Junta de freguesia de Arez há 3 anos...e a Senhora Presidente resolveu dar à Junta de freguesia de São Matias, a quem não devia absolutamente nada, 50 mil euros...
Arez também pediu, camioneta e máquinas para poder ter acesso à lixeira, por exemplo, e até agora, "nicles"...e não ha-de tardar muito, vai pedir ajuda à Câmara do Gavião...lol

A Câmara de Vila Velha de Rodão em acordo com a Câmara de Nisa ficaram de pagar a despesa sobre "a sociedade de uma das grandes maravilhas que temos por cá"...a senhora presidente diz que não tem de pagar nada...relações cortadas com Vila Velha...

A Câmara ficou de pagar as educadoras e as professoras do infantário de Alpalhão...há mais de um ano que as senhoras não recebem um tostão...

Na reunião de câmara a CDU propõe a necessidade de se pedir mais um emprestimo de 600 mil euros...CDU aprova,PS chumba e o PSD abstêm-se...ou seja mais 600 mil euros de dividas, que não se sabe para onde vai, mas sabe-se que não há dividas com os companheiros e camaradas...

Mas isto é só o que se diz por ai...será verdade???


"Nisa está na penúria e é bom que todos tenhamos conhecimento que as coisas só têm tendência a piorar, e se em Faro a Câmara pode abrir falência e ter sido retirada a quem a governava, quase que aposto que sei, qual será a próxima..."

17 comentários:

  1. Anónimo13.12.10

    Esse dinheiro deve ir pra nova administração da Ternisa para depois dizerem que durante um ano pagaram os ordenados e conseguiram segurar aquilo...assim até a minha avó que é analfabeta...

    ResponderEliminar
  2. Anónimo13.12.10

    A senhora que se absteve já devia ter averbalado o pagamento do que devem às bombas!!!
    Aqui em Nisa toda à gente tem um preço...lol

    ResponderEliminar
  3. Anónimo13.12.10

    É o país que temos o que acontece em Nisa é o mesmo que acontece na maioria das autarquias, para não falar no resto da administração publica.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo13.12.10

    Sendo um blog claramente tendencioso, não apresenta soluções. Prefer dar voz à calúnia de quem procura consensos e as melhores resoluções. A política do "quanto pior, melhor" já não é apanágio dum só partido. Há dívidas às Juntas, certamente! E às Associações? E aos comerciantes? E aos Fornecedores? Esses não interessam? O que interessa é fazer crer que estão defendendo os interesses de alguns para caça ao voto futuro! Se não há receitas e a Administração Central (Governo) não paga e ainda reduz as verbas paa as Câmaras, como se cumprem os compromissos? Será que é preferível paralisar a Câmara e cruzar os braços? Se houvesse agora novas eleições, que fariam os vencedores? Provavelmente iam ao Governo, ao FMI e ao Banco Central Europeu e resolviam tudo.
    O que se pede é uma política de seriedade, de competência e não votar contra,só por votar, esquecendo que em primeiro lugar estão os interesses do Município. Não esquecendo os erros do passado, (e há tanto por dizer e não só de um ou dois responsáveisa)procurem consensos e as melhores soluções para o Concelho.

    ResponderEliminar
  5. Zé Povo13.12.10

    "A SOCIEDADE É ASSIM:
    O POBRE TRABALHA
    O RICO EXPLORA-O
    O SOLDADO DEFENDE OS DOIS
    O CONTRIBUINTE PAGA PELOS TRÊS
    O VAGABUNDO DESCANSA PELOS QUATRO
    O BÊBADO BEBE PELOS CINCO
    O BANQUEIRO "ESFOLA" OS SEIS
    O ADVOGADO ENGANA OS SETE
    O MÉDICO MATA OS OITO
    O COVEIRO ENTERRA OS NOVE
    O POLÍTICO VIVE DOS DEZ "

    ResponderEliminar
  6. ... na administração pública e nos privados, o BPP, o BPN e o BCP são, ou eram, entidades privadas e foi o que se viu.
    passa-se nos concelhos e no governo e se dermos uma olhada pela História, verificamos que se passa desde a fundação do país, o dinheiro para os pobres é sempre à míngua e quando houve com fartura no país, nos Descobrimentos com as especiarias da Índia e depois no século XVII com o ouro e diamantes do Brasil logo os ricos trataram de o esturrar em luxos, palácios, igrejas e festanças.
    como já alguém por aqui escreveu é um problema cultural sobretudo daqueles que se acham credíveis e sérios e que formam as elites nacionais e locais, deu nisto: um total desgoverno.
    é por isso que a partir de agora só voto em políticos pouco credíveis e que venham da populaça, não sejam doutores nem engenheiros ou professores que não pertençam a qualquer espécie de elite. arrisco-me a abster-me forever.
    é um ciclo vicioso, o governo transferiu ao longo dos últimos anos competências para as câmaraas, por exemplo na educação, saúde, segurança,etc. preparando mesmo sem ter sido referendada a regionalização, mas não transfere as verbas necessárias a suportar os custos desses serviços, por sua vez as câmaras endividam-se e na maior parte dos casos segue o exemplo do governo central gasta em obra e também não transfere para as freguesias nem paga aos fornecedores e lá se vai andando cantando e rindo...
    Cumps a todos e um feliz natal, mesmo para os venenosos.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo13.12.10

    A unica coisa obvia que ha aqui é que ha quem nao queira ver e muitos de Nisa que querem que o concelho va a ruina.Pedir ajuda a concelhos vizinhos. Cortar relacoes com concelhos vizinhos.Os culpados irao pagar.Os outros tambem.Miseria de terra.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo14.12.10

    Se não há receitas não se deve gerir fingindo que elas existem.
    Também não se deve votar fingindo que tudo está bem só para ficar bem na fotografia dos que defendem falsos consensos - o consenso só é verdadeiro se fõr genuíno e em benefício de toda a população e não apenas de alguns amigos do poder, ora colocar dinheiro que não existe ao dispor de um poder que é tendencioso e gasta o que não tem não me parece ser a melhor solução...mas isto digo eu que não sou político e honro os meus compromissos pagando a quem devo e não assumindo compromissos que já sei que não posso pagar.
    Assim é que é ser sério e gerir bem o que é nosso e o que é dos outros!

    ResponderEliminar
  9. Anónimo14.12.10

    Polítiva de seriedade e competência e tratar os munícipes todos por igual sem previligiar uns e outros esquecerem-se que eles existem.

    Falar de paralização da Câmara é criar a confusão só para mascarar a verdadeira questão: colocar 600 mil euros na mão da Presidente para que ela os use como quiser é que é perigosos de mais face aos gastos de fogo de vista e pagamentos escolhidos a dedo por ela para usar esse dinheiro.
    Quanto a mim esse não é o melhor caminho, porque a parir do momento em que lhe põem o carcanhol á disposição ela paga com ele o que quer e a quem quer, se buscasse consensos para determinar a quem é mais urgente pagar e o que é mais urgente pagar, isso sim seria sério! E não paralizava a Câmara não senhor o rumo a dar ao dinheiro é que poderia e deveria ser outro, a favor dos interesses verdadeiros do município - fazer assim equivale "a quanto pior melhor"?
    A mim parece-me que era muito melhor para TODOS e não apenas para "os do costume".

    UM DOS QUE NÃO VAI NA CONVERSA FIADA DA 4ª ANÓNIMA TENDENCIOSA - O QUE ELA FAZ É FINGIR QUE QUER CONSENSOS: OLHEM BEM PARA O QUE ELA FAZ E NÃO PARA O QUE ELA DIZ QUE FAZ!

    ResponderEliminar
  10. Anónimo14.12.10

    hoje passei em frente da que era a loja do senhor Ferreira e da nisa.com só lá vi paredes vazias para onde foram?

    ResponderEliminar
  11. Anónimo14.12.10

    600 mil aerios?!Então já percebo porque é que à última da hora já há festa de Natal prós funcinários da dita com prendinhas abastadas pros filhos dos mesmos...e claro bailarico e banquete à custa sempre dos mesmos...Isto é só rir, pra não chorar!!!

    ResponderEliminar
  12. Anónimo14.12.10

    Tão e pagar os 15 mil aerios à câmara de Vila velha?! e o que se deve por estas juntas... de Portugal, eu vi tanta coisa linda, tanta coisa sem igual...lálálálálálá

    ResponderEliminar
  13. Anónimo14.12.10

    Vai haver festa de Natal, com tudo a encher o bandulho e tal?! Boa!!!
    E este ano o prémio Natal vai para trtrtrtrtrttrtrtrr...a ternisa ;)

    ResponderEliminar
  14. Anónimo14.12.10

    Mas quem é que procura consenses e as melhors resoluções?A presidenta?Mas ela fala com alguem?Mas ela alguma vez esteve preocupada com o que o povo pensa depois de gannhar a dar tachos a quem quer?Mas ela alguma vez quis falar com os vereadores da outra cores? Mas alguem a vê na rua? Mas alguem vê algum comunista a defender a presidenta ultimamente?A presidente e todos sabem que Nisa já foi pro buraco.

    ResponderEliminar
  15. Anónimo19.12.10

    volto a dizer que os balneários do pavilhão estão uma vergonha!

    ResponderEliminar
  16. Anónimo20.12.10

    A Camara deve? A Junta deve? o País deve?
    Quem são os que têm mordomias, 2/3 reformas de luxo...
    Eu é que não devo nada, as finanças já trataram disso.O peixe gra´do passa à malha.Filhos de pata!

    ResponderEliminar
  17. Anónimo30.12.10

    ".....A freguesia de Amieira do Tejo passou para o concelho do Gavião em 1836, mas transitou para Nisa através de decreto de 26 de Setembro de 1895.
    fonte: www.cm-nisa.pt ....."

    Eu quero voltar a 1836!

    ResponderEliminar

Obrigado, volte sempre...